Entenda porque o Facebook e o Google educam seus clientes

O Facebook teve em 2015 faturamento de 17,93 bilhões de dólares. A maior parte deste resultado vem de anúncios na rede social. São estes anúncios, feitos por empresas gigantes e também por empreendedores individuais, que fazem do Facebook um grande sucesso como negócio. Portanto, é natural imaginar que a empresa trate bem o anunciante, ou seja, seu cliente. Mais que isso, ela investe para educar este cliente.

Se você é administrador de uma página no Facebook já deve ser ouvido falado do Facebook para Empresas (https://www.facebook.com/business). É um site recheado de conteúdo educativo para quem faz ou quer fazer marketing pelo Facebook. Lá você encontra explicações básicas sobre como funciona uma página no Facebook, como fazer um anúncio e como medir resultados. Tem também uma página com histórias de sucesso, cheia de cases de marcas grandes e pequenas.

Para quem deseja se aprofundar, o Facebook oferece o Blueprint, uma plataforma com cursos online, webinars e uma certificação, que confere um selo digital para o profissional que for aprovado nas provas. Como era de se esperar, o Facebook para Empresas tem também uma página no Facebook (https://www.facebook.com/BrasilMarketing) onde compartilha pílulas de conhecimento, faz transmissões ao vivo (Facebook Live) e divulga conteúdo do seu site.

Não é difícil imaginar a lógica por trás desta estratégia. Não adianta ter um produto bom se o cliente não sabe usar. No caso do Facebook, não adianta ter uma excelente plataforma tecnológica e mais de 1,6 bilhão de usuários a disposição das marcas se o cliente não alcança seu objetivo. Por outro lado, quanto mais conhecimento o cliente tem mais ele pode explorar as possibilidades do produto, maior a chance dele ficar satisfeito e maior a chance dele voltar a comprar!

O Google não fica atrás quando o assunto é a educação de clientes. Suas certificações já são bem conhecidas e valorizadas no mercado. Para estudar para as provas, o Google oferece conteúdo bem didático, cheio de vídeos para ajudar no aprendizado. Existe também uma plataforma chamada de Comunidade Oficial do Google Adwords. Além de artigos e vídeos produzidos pelo Google, o interessante da comunidade é que a dúvida de um usuário é respondida por outro usuário, não necessariamente um funcionário do Google. Desta forma, a empresa estimula que seus cliente troquem conhecimento e experiências entre si.

Como a gama de produtos do Google é muito grande, também é enorme a quantidade e o tipo de educação oferecidos pela empresa. O que se percebe é uma aposta muito grande no vídeo como ferramenta para compartilhar conhecimento, mas existem casos de treinamento presencial. Foi o que aconteceu às vésperas dos Jogos Rio 2016, quando equipes foram para as ruas aplicar um treinamento sobre o Google Tradutor para rodoviários, vendedores ambulantes, taxistas, entre outros.

Mesmo que a sua marca não seja do tamanho do Facebook e do Google e sua empresa não fature tanto quanto estes dois gigantes, você também pode educar seus clientes. Uma forma de começar é oferecer pílulas de conhecimento usando os canais que você já tem, como seu site, blog, mídias sociais e email marketing. Quem sabe um dia você também não ofereça uma certificação em seus serviços e se torne referência no mercado. Para isto é importante dar o primeiro passo e reconhecer o valor de promover educação ao cliente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s