Diferenças entre Youtuber e Canal de Marca (brand channel)

No YouTube existem muitos tipos de vídeos e muitos tipos de usuários, ou seja, são vários motivos que levam alguém a assistir ou postar um vídeo no YouTube. Vamos analisar dois tipos de usuários que têm muito interesse na maior comunidade de vídeos do mundo: os youtubers e as marcas.

Um youtuber, em definição minha, é aquele que possui um canal no YouTube e publica conteúdo com regularidade, abordando algum tema específico e buscando construir uma audiência para seu canal. Geralmente, um youtuber é o produtor do conteúdo, administrador do canal e também atua em seus próprios vídeos.

Já o canal de marca (ou brand channel) foi um recurso criado pelo YouTube para grandes anunciantes do portal de vídeo. Desta maneira, uma marca podia ter seu próprio canal com recursos que o diferenciavam de um canal comum. Com o tempo a maioria dos recursos foi sendo liberado para todos os canais, então trataremos aqui de canais de marca em geral, independente de ser ou não um anunciante do YouTube.

Uma marca possui um ou mais produtos e serviços. Seu negócio não está atrelado diretamente ao YouTube, ela usa a mídia social para divulgar seus produtos, promover conteúdo de marca (branded content), estabelecer diálogo com seus clientes, entre outras coisas. Já para o youtuber o seu principal produto é o próprio canal no YouTube, ou seja, seu negócio está atrelado diretamente à mídia social. Embora os youtubers bem sucedidos afirmem que ganham mais dinheiro fazendo campanhas publicitárias e eventos para empresas, a origem do seu negócio é o seu canal no YouTube e é ali que sua relação se estabelece com seu público.

Um outra diferença está na monetização. Enquanto o youtuber quase sempre usa a ferramenta Google Adsense para permitir anúncios e gerar receitas para seu canal, uma marca não deve ativar monetização. Primeiro porque o valor gerado não seria relevante. E depois porque permitir um anúncio seria permitir concorrência para seu conteúdo, já que o espectador pode se interessar pelo anúncio e deixar o vídeo de lado. Então, ao invés de obter receita com o YouTube, o que geralmente acontece é que a marca investe dinheiro para promover seus vídeos e obter mais visualizações.

É importante entender as diferenças antes de traçar estratégias para seu canal no YouTube. Tratar canal de youtuber e canal de marca como se fosse a mesma coisa certamente irá estabelecer premissas erradas para um ou para outro. Em caso de dúvida de como se enquadra um canal é importante pensar no principal objetivo do negócio. Por exemplo: o canal de um cantor é um canal de marca ou ele seria um youtuber? Se o negócio dele é vender música, vender shows, camisas ou canecas, então é um canal de marca. Já se ele quer fazer dinheiro com muitos views, criar um público e ficar famoso, então ele pode ser enquadrado como youtuber.

Embora diferentes, as marcas também têm muito que aprender com os youtubers. A maioria trabalha com orçamentos muito pequenos e mesmo assim produz vídeos muito bons. Seu maior mérito é falar a linguagem de seu público e tratar de temas de interesse de seus espectadores. Parece básico, mas muitas marcas não fazem o básico.


Você pode gostar também de: YouTube Insights 2017 – Comportamento dos usuários do YouTube no Brasil

Um comentário sobre “Diferenças entre Youtuber e Canal de Marca (brand channel)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s